<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

antitese afinal como identificar essa figura de linguagem

Você sabe o que é e como aplicar a antítese ou esse é um assunto que provoca grandes dúvidas?

De fato, são muitas as figuras de linguagem, e algumas delas são parecidas, como a antítese e o paradoxo.

Por isso, é comum confundi-las. 

Mas, neste artigo, além de explicar o que é e como usar a antítese, separamos alguns exemplos e exercícios para você aprender de uma vez por todas.

Preparado?

Vamos lá!

O que é a antítese?

A antítese é um recurso de texto usado para expor ideias opostas.

Assim, dando ênfase ao discurso empregue, ela é capaz de provocar um efeito de interpretação no leitor.

Essa característica é uma marca das figuras de linguagem.

Figuras de Linguagem

A antítese é apenas uma das diversas figuras de linguagem existentes.

As figuras de linguagem têm o objetivo de realçar a comunicação, tornando-a mais atrativa.

Elas podem ser:

  • Figuras de palavras ou semânticas: empregam as palavras no sentido conotativo. Exemplos: metáfora, comparação, metonímia, catacrese, sinestesia e perífrase.
  • Figuras de pensamento: alteram o sentido das palavras e expressões. Exemplos: hipérbole, eufemismo, litote, ironia, personificação, antítese, paradoxo, gradação e apóstrofe.
  • Figuras de sintaxe ou construção: interferem na estrutura gramatical da frase. Exemplos: elipse, zeugma, hipérbato, polissíndeto, assíndeto, anacoluto, pleonasmo, silepse e anáfora.
  • Figuras de som ou harmonia: têm relação com a sonoridade das palavras. Exemplos: aliteração, paronomásia, assonância e onomatopeia.

Como identificar uma antítese?

É possível observar a antítese pela presença de palavras, expressões ou mesmo orações com sentidos contrários.

Veja um exemplo:

  • O namoro de Paulo e Carla era baseado em amor e ódio.

Note que os termos em destaque são opostos.

É importante analisar ainda que a antítese apresenta ideias distintas.

Se as palavras contraditórias fizerem parte de uma mesma ideia, não há ocorrência de antítese.

Exemplos de frases com antítese

Para facilitar ainda mais o entendimento do conteúdo, vamos ver agora algumas frases com antítese:

  • O leite está quente e o café está gelado.
  • Ela está entre a vida e a morte.
  • A vida é assim, cheia de tristezas e alegrias.
  • Bonito para mim, feio para ela.
  • Este lugar está mais para um inferno do que paraíso.
  • Estarei lá, faça chuva ou faça sol.
  • Não há luz sem antes a escuridão.
  • Não há nada mais belo do que a conexão entre o céu e a terra.
  • Duas verdades e três mentiras.
  • Ela tem tantas vitórias como derrotas.
  • De um lado do bairro, a pobreza, e de outro, a riqueza.

Exemplos de poemas com antítese

Além dessas frases que citamos acima, outra forma de assimilar o conteúdo é ver bons exemplos da literatura brasileira.

Veja a seguir dois poemas de Vinicius de Moraes com o uso dessa figura de linguagem:

O poeta

A vida do poeta tem um ritmo diferente

É um contínuo de dor angustiante.

O poeta é o destinado do sofrimento

Do sofrimento que lhe clareia a visão de beleza

E a sua alma é uma parcela do infinito distante

O infinito que ninguém sonda e ninguém compreende.

 

Ele é o eterno errante dos caminhos

Que vai, pisando a terra e olhando o céu

Preso pelos extremos intangíveis

Clareando como um raio de sol a paisagem da vida.

O poeta tem o coração claro das aves

E a sensibilidade das crianças.

O poeta chora.

Chora de manso, com lágrimas doces, com lágrimas tristes

Olhando o espaço imenso da sua alma.

O poeta sorri.

Sorri à vida e à beleza e à amizade

Sorri com a sua mocidade a todas as mulheres que passam.

O poeta é bom.

Ele ama as mulheres castas e as mulheres impuras

Sua alma as compreende na luz e na lama

Ele é cheio de amor para as coisas da vida

E é cheio de respeito para as coisas da morte.

O poeta não teme a morte.

Seu espírito penetra a sua visão silenciosa

E a sua alma de artista possui-a cheia de um novo mistério.

A sua poesia é a razão da sua existência

Ela o faz puro e grande e nobre

E o consola da dor e o consola da angústia.

 

A vida do poeta tem um ritmo diferente

Ela o conduz errante pelos caminhos, pisando a terra e olhando o céu

Preso, eternamente preso pelos extremos intangíveis.

Soneto da separação

De repente do riso fez-se o pranto 

Silencioso e branco como a bruma 

E das bocas unidas fez-se a espuma 

E das mãos espalmadas fez-se o espanto. 

 

De repente da calma fez-se o vento 

Que dos olhos desfez a última chama 

E da paixão fez-se o pressentimento 

E do momento imóvel fez-se o drama. 

 

De repente, não mais que de repente 

Fez-se de triste o que se fez amante 

E de sozinho o que se fez contente

 

Fez-se do amigo próximo o distante 

Fez-se da vida uma aventura errante 

De repente, não mais que de repente.

Exemplos de músicas com antítese

Além dos poemas, as músicas brasileiras também utilizam a antítese.

 

Confira dois exemplos de canções:

Certas coisas, de Lulu Santos

Não existiria som

Se não houvesse o silêncio

Não haveria luz

Se não fosse a escuridão

A vida é mesmo assim

Dia e noite, não e sim

 

Cada voz que canta o amor não diz

Tudo o que quer dizer

Tudo o que cala fala

Mais alto ao coração

Silenciosamente eu te falo com paixão

 

Eu te amo calado

Como quem ouve uma sinfonia

De silêncios e de luz

Nós somos medo e desejo

Somos feitos de silêncio e som

Tem certas coisas que eu não sei dizer

 

A vida é mesmo assim

Dia e noite, não e sim

 

Cada voz que tanto amou não diz

Tudo o que quer dizer

Tudo o que cala fala

Mais alto ao coração

Silenciosamente eu te falo com paixão

 

Eu te amo calado

Como quem ouve uma sinfonia

De silêncios e de luz

Nós somos medo e desejo

Somos feitos de silêncio e som

Tem certas coisas que eu não sei dizer.

Monte Castelo, do Legião Urbana

Ainda que eu falasse a língua dos homens

E falasse a língua dos anjos

Sem amor, eu nada seria

 

É só o amor, é só o amor

Que conhece o que é verdade

O amor é bom, não quer o mal

Não sente inveja ou se envaidece

 

O amor é o fogo que arde sem se ver

É ferida que dói e não se sente

É um contentamento descontente

É dor que desatina sem doer

 

Ainda que eu falasse a língua dos homens

E falasse a língua dos anjos

Sem amor, eu nada seria

 

É um não querer mais que bem querer

É solitário andar por entre a gente

É um não contentar-se de contente

É cuidar que se ganha em se perder

 

É um estar-se preso por vontade

É servir a quem vence, o vencedor

É um ter com quem nos mata a lealdade

Tão contrário a si é o mesmo amor

 

Estou acordado e todos dormem

Todos dormem, todos dormem

Agora vejo em parte

Mas então veremos face a face

 

É só o amor, é só o amor

Que conhece o que é verdade

 

Ainda que eu falasse a língua dos homens

E falasse a língua dos anjos

Sem amor, eu nada seria.

Exercícios resolvidos de antítese para fixação

antitese exercicios resolvidos para fixacao

Viu só quantos exemplos?

Além de apenas observá-los e estudá-los, é importante praticar.

A prática é uma grande aliada do aprendizado.

Então, para fixar o conteúdo, que tal resolver alguns exercícios?

Você encontra as respostas das questões na conclusão deste artigo.

Exercício 1

PETROBRAS (2010)

Antítese é uma figura de linguagem com a qual se salienta uma oposição de ideias por meio de sentenças ou palavras. O fragmento que contém uma antítese é:

  1. “Somos artesãos, meio como as formigas,” (L. 8-9)
  2. “vemos nossas obras destruídas em segundos por cataclismas naturais,” (L. 12-13)
  3. “se pensamos que cada estrela é um sol, e que tantas delas têm sua corte de planetas, fica difícil evitar a questão da nossa existência cósmica,” (L. 23-25)
  4. “Ao olhar para o Universo, o homem é nada. Ao olhar para o Universo, o homem é tudo.” (L. 53-54)
  5. “somos como o Universo pensa sobre si mesmo.” (L. 69-70).

Exercício 2

PREFEITURA DE ANGRA DOS REIS (2019)

Assinale a frase a seguir que não se estrutura a partir de uma antítese.

  1. Um provérbio é uma sentença curta baseada em longa experiência.
  2. Mais difícil do que publicar um livro é escrever um bom livro.
  3. Não dá para ficar a noite inteira nos eventos. Tem de saber a hora certa de chegar e ir embora.
  4. O Brasil é o único país do mundo onde as feias são bonitas.
  5. Nitidez é a correta distribuição de luz e sombra.

Antítese e paradoxo: qual a diferença?

Assim como a antítese, o paradoxo também é uma figura de linguagem.

E, embora eles pareçam iguais, existe uma diferença.

A antítese, como vimos, utiliza palavras, expressões ou orações com sentidos opostos.

O paradoxo, por sua vez, ainda que aplique palavras opostas, causa uma contradição.

A oração com paradoxo soa incoerente.

Veja alguns exemplos:

  • O amor é ferida que dói e não se sente. (Luís Vaz de Camões)
  • Estou cego e vejo/Arranco os olhos e vejo. (Carlos Drummond de Andrade)
  • Sendo a sua liberdade/Era a sua escravidão. (Vinicius de Moraes).

Conclusão

Viu só como a antítese não é um bicho de sete cabeças?

Na verdade, quando você entende o que ela é e para que serve, fica fácil usar corretamente.

Vamos ver, então, se você acertou os exercícios?

As respostas corretas são:

  1. D
  2. B.

E, aí, mandou bem?

Conta aqui no campo de comentários como foi o seu desempenho.

Aproveite também o espaço para compartilhar a sua opinião sobre o que acabou de ler.

E, se gostou deste artigo, que tal continuar navegando em nosso blog?

Veja só algumas sugestões de conteúdo que temos por aqui:

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead unisc
Cursos grátis

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT