Mercado de Trabalho

Feedforward: de olho no futuro da sua carreira

Por EAD UNISC   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Você certamente já ouviu falar ou teve alguma experiência com o feedback, mas e o feedforward? Você sabe o que é? Já teve alguma experiência com ele? 

Enquanto o feedback é uma ferramenta para avaliar o desempenho de colaboradores, o feedforward foca no desenvolvimento de competências e habilidades. 

Em que sentido? É sobre isso que vamos falar neste artigo. 

Aqui, vamos explorar um pouco mais sobre o que é o feedforward, como ele funciona, seus benefícios e o que você, enquanto colaborador, ganha com ele.

Você vai conferir:

O que é feedforward?
A diferença entre feedback e feedforward
Os benefícios do feedforward para o colaborador

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que é feedforward? 

O feedforward, assim como o feedback, é uma ferramenta utilizada pelo departamento pessoal de uma empresa para avaliar um colaborador. 

Porém, enquanto o feedback olha para trás e aponta pontos fortes e fracos, o feedforward olha para o futuro e tudo o que você pode desenvolver e aprender. 

Isso significa que o feedforward avalia um colaborador e busca nele as competências e habilidades que precisam ser desenvolvidas para que ele atinja seus objetivos profissionais. 

Para chegar neste resultado, o colaborador passa por uma análise de comportamento no ambiente de trabalho. 

Essa análise retorna com o que ele ainda precisa desenvolver, ou seja, com a maneira como ele pode acelerar e potencializar suas soft e hard skills. 

Na prática, o feedforward funciona através de observação, mas também de diálogos francos. 

É comum que colaboradores sejam agrupados para conversar sobre os pontos em que ainda precisam evoluir. Nesse momento, o líder da equipe pode fazer contribuições. 

O importante é fazer perguntas e questionar a respeito do que os colaboradores gostariam de mudar ou ter ao longo de suas vidas e qual papel o desenvolvimento de habilidades e competências teria nessa jornada. 

É importante destacar que o feedforward não é uma ferramenta aplicada apenas a funcionários, mas também à liderança, setores, projetos e processos da empresa. 

A diferença entre feedback e feedforward 

Como você já deve ter percebido, a principal diferença entre o feedback e o feedforward é a direção na qual a ferramenta está focada. 

O feedback é utilizado para avaliar o desempenho de um colaborador em determinada tarefa. É uma ferramenta que olha para trás a fim de entender o que poderia ser diferente. 

E nesse sentido, pode trazer insights sobre aprimoramentos na performance do colaborador. Porém, não da mesma forma e com o mesmo impacto que o feedforward. 

Ao contrário do feedback, o feedforward olha para frente. Não é preciso esperar algo acontecer para entregar uma análise ao colaborador. 

No feedforward, o objetivo é ajudar o colaborador a desenvolver o que ele vê como necessário para sua carreira e para sua jornada dentro da empresa. 

De certa forma, o feedforward antevê como aprimorar a performance do colaborador. 

A partir disso, é preciso dizer que não existe a necessidade de se escolher entre um e outro porque o feedback e o feedforward funcionam muito bem em conjunto. 

Um não é melhor do que o outro porque cada um deles tem um objetivo. 

Inclusive, pode até ser indicado trabalhar o colaborador no feedforward e entregar um feedback sobre performance quando necessário. 

Os benefícios do feedforward para o colaborador 

O processo de feedforward traz diversos benefícios para o colaborador. Os principais deles sendo autoconhecimento, foco no futuro e um maior engajamento com a empresa. 

De maneira geral, passar pela análise faz com que o colaborador tenha uma experiência muito melhor dentro da organização, se sinta mais motivado e valorizado. 

A verdade é que a liderança está preocupada em desenvolvê-lo para melhorar sua produtividade e para contribuir com sua vida profissional, então é um benefício para todos os envolvidos. 

A consequência é um ambiente de trabalho com maior bem-estar e familiaridade, com maior senso de propósito e melhores resultados. 

Como o olhar do feedforward está no futuro, essa ferramenta traz um senso de planejamento maior para o colaborador, uma visão otimista sobre o que está por vir e o estímulo de olhar para frente sem medo. 

Isso porque o colaborador terá noção de onde quer chegar e o que precisa desenvolver para chegar lá. Nesse sentido, o feedforward também traz mais coragem e concentração. 

E isso é bom para o funcionário e para a organização. 

Também é preciso comentar sobre o autoconhecimento, um ganho cada vez mais necessário para quem faz parte da força de trabalho. 

Com a análise do feedforward, você consegue conhecer melhor seus potenciais, suas características, seus pontos fortes e fracos e seus limites. 

Você entende melhor seu comportamento enquanto profissional, o que o motiva e seus objetivos. 

Também existe o benefício do engajamento com a organização, algo que também traz ganho para ambos os lados. 

Tendo visão de futuro e autoconhecimento, você consegue ter mais senso de propósito, o que retroalimenta a rotina de trabalho. 

Por isso, o feedforward é uma ferramenta que está se tornando comum dentro das empresas. Ela ajuda a estimular colaboradores a superarem obstáculos e traz um olhar otimista sobre o futuro. 

Leia também:

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.