Se você é daquelas pessoas que gostam do agronegócio, e também se interessam pela parte de gerenciamento, a Gestão do Agronegócio talvez seja a melhor opção de graduação para a sua carreira.

O setor que cuida do que é produzido no campo se modernizou muito nos últimos anos, e cada vez mais depende de mão de obra qualificada para pensar no que acontece nas cadeias produtivas de suínos, aves, bovinos de leite e corte, soja, milho, cana-de-açúcar, café e outras culturas importantes dentro da estrutura agropecuária do Brasil.

Mas entraremos em mais detalhes ao longo deste texto.

O que podemos garantir é que se você se identifica com esse setor tão vital para a economia do país e do mundo, fique conosco até o final e descubra todas as possibilidades que uma carreira de gestor do agronegócio tem.

gestao do agronegocio - homem analisa folha na lavoura

O que é o Agronegócio?

Antes de entrarmos em detalhes, é importante explicar o que é e do que trata este ramo.

O agronegócio é um termo que engloba o setor da economia responsável pela produção agropecuária, indo desde a plantação de alimentos, tais quais arroz, feijão, milho, frutas e legumes, até a criação de bovinos, aves e suínos.

Atualmente, o agronegócio, ou agrobusiness (em inglês), é responsável por cerca de 23% do PIB brasileiro.

Se falarmos de exportações, esses números são ainda mais impressionantes.

Aproximadamente 40% do que sai do território nacional para outros países provem do agronegócio.

Mas engana-se quem pensa que o agronegócio se restringe apenas à criação e cultivo. Isso porque o setor também cuida da demanda de adubos e fertilizantes, industrialização de produtos cuja origem é o campo, além do desenvolvimento de maquinários a serem utilizados por essa cadeia produtiva.

Objetivos da Gestão do Agronegócio

Décadas atrás, a perspectiva da agricultura no Brasil passava muito pelo cultivo familiar e administração dos ganhos e investimentos de maneira intuitiva e simplificada.

No entanto, hoje em dia se faz necessária a adoção de processos e visão empresarial no setor.

Além da competitividade, um olhar administrativo para a produção permite obter mais lucros, aumentar a produtividade e projetar o futuro, de acordo com as tendências de mercado e consumo.

E é aí que entra o papel do profissional de gestão do agronegócio. É ele que vai reunir as informações referentes ao que é produzido, pesquisar as melhores práticas para que a plantação ou criação deem resultados satisfatórios e permitam projetar melhores safras para os próximos anos.

A característica desse profissional é dominar ferramentas da administração e também do agronegócio em si.

É a junção e, acima de tudo, desses conhecimentos que irá refletir no desempenho do gestor.

agronegocio - trator em rodovia na zona rural

Quanto ganha um profissional de Gestão do Agronegócio?

A remuneração do gestor na área do agronegócio varia de acordo com o porte da empresa na qual o profissional está inserido, bem como o grau de experiência na área.

De acordo com o site Educa+ Brasil, um profissional em início de carreira, dentro de uma empresa de grande porte, ganha entre R$ 2033,00 e R$ 2338,00.

Já quem tem um nível de experiência mais elevado, ganha na faixa de R$3556,00.

Porém, é possível ganhar mais.

Uma recente reportagem da revista Você RH, mostrou que em alguns cargos estratégicos de gestão dentro de empresas do agronegócio é possível ganhar mais de 20 mil reais.

Como é o curso de Gestão do Agronegócio EAD?

A Universidade de Santa Cruz do Sul oferece o curso tecnólogo de Gestão do Agronegócio, no formato EAD, com aulas 100% on-line e provas presenciais.

A graduação tecnológica tem o mesmo peso de um bacharelado ou licenciatura, porém tem duração mais curta justamente por ter foco voltado aos conteúdos práticos, com menos ênfase em teoria.

O diploma de um curso EAD é equivalente ao do presencial, sem distinção entre as modalidades.

Ao longo de 3 anos, quem entra no curso de Gestão do Agronegócio estuda os seguintes conteúdos:

1º Ano

  • Comportamento Humano nas Organizações
  • Fundamentos de Administração
  • Projeto Integrador
  • Introdução à gestão de agronegócios
  • Produção Discursiva - Oralidade e Escrita do Ensino Superior
  • Projeto Integrador I
  • Formação Geral I
  • Empreendedorismo e inovação 
  • Cadeias produtivas do agronegócio I 
  • Fundamentos de Direito e Estruturação empresarial
  • Administração e gestão financeira

2º Ano

  • Políticas públicas para o agronegócio 
  • Direito ao agronegócio 
  • Cadeias produtivas do agronegócio II
  • Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos
  • Cadeias produtivas para o agronegócio III
  • Fundamentos da extensão rural
  • Gestão de pequenas e médias empresas
  • Fundamentos de gestão de pessoas  

3º Ano

  • Gestão do Composto de Marketing
  • Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar
  • Gestão da Tecnologia da Informação
  • Agricultura e Meio Ambiente 
  • Gestão de Custos e Precificação 
  • Gestão Orçamentária 
  • Inserção do Agronegócio no Mercado Internacional 
  • Gestão de Recursos Ambientais

A ideia é oportunizar ao estudante uma compreensão do máximo de aspectos vinculados às atribuições de um gestor do agronegócio.

Mercado de trabalho para o gestor de agronegócio

Mesmo com a retração de vários segmentos, o agronegócio segue contratando, inclusive com aumento no número de profissionais envolvidos na cadeia produtiva.

 A consultoria Michael Page, referência em recrutamento de executivos de grandes empresas, revela que em 2020 houve um crescimento de 30% na contratação de gestores na área do agronegócio.

A revista EXAME publicou uma grande reportagem na qual traz dados que demonstram um dos melhores momentos da história no setor, mesmo diante de um cenário de pandemia.

A publicação traz como exemplo um grande fazendeiro de Cruz Alta (RS), que investiu 15% do faturamento em novas tecnologias e contratação de gestores e cargos de liderança.

Tal postura só confirma o crescimento do agronegócio e necessidade de profissionais capacitados para atuarem no planejamento e ações que possam levar a produção aos melhores resultados.

Como ingressar no curso de Gestão do Agronegócio EAD?

Quem pensa em entrar o quanto antes para esse setor tão valorizado dentro da economia brasileira, pode fazer o tecnólogo em Gestão do Agronegócio EAD da UNISC.

Existem diferentes formas de ingresso:

No EAD da Universidade de Caxias do Sul é possível fazer o curso de

- Vestibular Online: o candidato faz uma prova sem sair de casa. Neste caso, o vestibular ocorre por meio de uma redação com tema proposto pela instituição.

- Ingresso com diploma: quem já tiver concluído o ensino superior e está em busco da segunda graduação, pode entrar no EAD da UNISC sem a necessidade de fazer vestibular.

- Transferência para a UNISC: se você já faz uma graduação em outra instituição de ensino e quer mudar para o nosso EAD, pode fazer a transferência sem ter que passar por processo seletivo.

- Uso da nota do ENEM: também é possível ingressar no EAD da Universidade de Santa Cruz do Sul com a nota do ENEM. Neste caso, quem tiver obtido a melhor nota no exame nacional do ensino médio, ganha uma bolsa de até 100%.

UNISC - Universidade de Santa Cruz do Sul tem 57 anos de experiência e já formou mais de 37 mil alunos.

Quem estuda na UNISC, conta com um corpo docente altamente qualificado, com 95% dos professores mestres e doutores.

Vantagens do EAD e da formação tecnológica

Para muitos, o modelo de graduação a distância pode ainda causar certa estranheza, mas a verdade é que o EAD está crescendo muito no Brasil.

Prova disso é que, em uma edição recente do censo da educação superior, promovido pelo Inep, um dado chamou bastante a atenção: 51% das vagas em universidades privadas brasileiras são destinadas a graduações EAD.

Dentre as vantagens desse formato estão a flexibilidade para os estudos – o aluno pode assistir às aulas quando e onde quiser, uma vez que os conteúdos são disponibilizados em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA).

Outro fator que é levado em conta por quem escolhe uma faculdade a distância é a economia. Atualmente, um curso EAD tem a mensalidade mais barata do que no presencial. Além disso, o estudante também economiza em custos de deslocamento e alimentação.

Conclusão

O setor do agronegócio está em franca expansão e depende de mão de obra qualificada.

Um profissional de excelência que auxilie na cadeia produtiva do campo está colaborando não apenas para a empresa na qual trabalha, mas sim por melhores alimentos na mesa das pessoas. E vamos combinar que esse ofício é muito nobre e necessário.

A relevância do agronegócio dentro da economia brasileira é altíssima, o que gera estabilidade e perspectiva de crescimento para o futuro.

Quem opta por fazer uma graduação em Gestão do Agronegócio estará se credenciando para atuar em um segmento que movimenta bilhões de reais todos os anos.

E o melhor é que ao longo dos 3 anos de formação, o estudante terá contato com conteúdos de cadeia produtiva, logística, armazenamento, comercialização de produtos e tecnologias aplicadas ao agronegócio, além de entender as minúcias do setor.

Caso você ainda esteja em dúvida se essa graduação tem realmente a ver com suas expectativas para o futuro, confira os outros cursos EAD disponíveis na UNISC. Certamente com algum deles você vai se identificar.

Neste artigo, explicamos quais as melhores formas de escolher uma faculdade.

Entendemos que essa decisão não é simples, então é importante pensar bem e optar pela que vai proporcionar a melhor qualidade de vida e chance de realização profissional.

 

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT