Mercado de Trabalho

Modelo de currículo em inglês para concorrer a vagas fora do país!

Por Olívia Baldissera   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Sonha em fazer carreira no exterior?

Um bom currículo em inglês é essencial para abrir portas em empresas estrangeiras.

A seguir, você vai ver o que não pode faltar no seu currículo em inglês (ou “resume” para os americanos). Confira:

Como é um currículo americano
Diferença entre “curriculum” e “resume”
A estrutura ideal de um currículo em inglês
Sites para fazer o seu currículo em inglês
Como ter um currículo em inglês que chame a atenção dos recrutadores
Cursos que vão fazer o seu currículo brilhar fora do país

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Como é um currículo americano

Nos Estados Unidos e no Canadá, o que chamamos de currículo aqui no Brasil recebe o nome de “resume”. Ele deve apresentar as seguintes seções:

  • Contact info – Dados pessoais;
  • Summary – Resumo profissional;
  • References – Lista de contatos de pessoas com quem você já trabalhou;
  • Work history – Experiência profissional;
  • Objective – Objetivo profissional;
  • Training – Formação/educação; 

Assim como no Brasil, o currículo americano deve ser conciso, sem ultrapassar duas páginas. Ele também deve ser adaptado de acordo com a vaga a qual você está se candidatando.

Diferença entre “curriculum” e “resume”

Se lá fora usam a palavra “resume”, o que seria um “curriculum vitae” ou CV para os americanos?

O documento também é uma espécie de currículo, mas voltado para quem segue uma carreira acadêmica. Ele é indicado para quem vai se candidatar a vagas de pesquisador em universidades, de professor universitário ou de médicos altamente especializados.

O curriculum americano se assemelha ao Currículo Lattes, modalidade voltada para cientistas listarem sua produção intelectual em uma determinada área do conhecimento.

ATENÇÃO: a diferença entre os dois termos existe apenas nos Estados Unidos e no Canadá. Nos outros países, as expressões “curriculum vitae” e CV têm o mesmo sentido que no Brasil, o de um documento usado para se candidatar a vagas de emprego.

Os países que usam CV com o mesmo significado que aqui são:

  • Reino Unido
  • Irlanda
  • Nova Zelândia
  • África do Sul
  • Austrália
  • Demais países da Europa que solicitam candidaturas a vagas de emprego em inglês.

A estrutura ideal de um currículo em inglês

A plataforma de recrutamento americana ZipRecruiter oferece orientações para quem deseja montar um currículo em inglês perfeito para se candidatar a vagas nos Estados Unidos.

De acordo com os especialistas da plataforma, um modelo de currículo em inglês ideal deve seguir a seguinte estrutura: 

Modelo de currículo em inglês da plataforma ZipRecruiter.Modelo de currículo em inglês da plataforma ZipRecruiter. Para baixar clique na imagem ou neste link.

Contact info – Dados pessoais

  • Nome completo;
  • Endereço;
  • Telefone e e-mail para contato;
  • Link para perfil do LinkedIn.

Experience – Experiência profissional

  • Nome do cargo que você ocupou;
  • Nome da empresa e cidade em que está localizada;
  • Período em que você ocupou o cargo;
  • Lista de atividades realizadas e resultados alcançados.

IMPORTANTE: se o número de cargos que você ocupou ultrapassar uma página, selecione os mais relevantes para a vaga.

Education – Formação/educação 

  • Nome da instituição de ensino superior e cidade onde está localizada;
  • Tipo de curso: bacharelado, tecnólogo, licenciatura ou pós-graduação.

Skills & Awards – Prêmios e habilidades técnicas

  • Nome do prêmio, ano, entidade que o concedeu;
  • Grau de domínio da habilidade técnica: iniciante, intermediário ou avançado. 

Training & Certificates – Treinamento e certificados

  • Nome do curso rápido, entidade que ofereceu o curso.

Seções opcionais

Dependendo do objetivo e descrição da vaga, você pode incluir mais seções ao modelo de currículo em inglês da ZipRecruiter:

  • Summary: um parágrafo que resume sua experiência profissional;
  • References: uma lista de contatos dos seus antigos gestores. Só inclua essa seção se os recrutadores pedirem;
  • Objective: o seu objetivo profissional ao se candidatar à vaga.

Sites para fazer o seu currículo em inglês

Existem diversas opções de ferramentas para fazer o seu currículo em inglês online. As principais são:

Como ter um currículo em inglês que chame a atenção dos recrutadores

Quando montar o seu currículo em inglês, tenha em mente essas orientações da ZipRecuiter:

  • Prefira modelos de currículo em inglês que não tenham colunas, tabelas, imagens e fontes rebuscadas caso você se candidate a uma vaga online. Geralmente, a seleção de currículos em plataformas de recrutamento é feita por robôs, que são programados para ler determinadas fontes e formatos;
  • Use títulos genéricos para descrever os cargos que você já ocupou ao longo da sua trajetória profissional;
  • Use frases curtas e objetivas para descrever as atividades e resultados alcançados na seção “Experience”;
  • Selecione palavras-chave de impacto para descrever sua experiência profissional. De acordo com os especialistas da ZipRecruiter, as melhores palavras-chave são: “experiência”, “gestão”, “projetos”, “operações”, “análise” e “responsável”;
  • Evite verbos que conotam inexperiência para ocupar a vaga, como “precisar” e “aprender”;
  • Use números para descrever os resultados alcançados na seção “Experience”. Eles ajudam a quantificar suas contribuições em empregos anteriores;
  • Seja o mais específico possível ao listar suas habilidades técnicas e certificados;
  • Não inclua os idiomas estrangeiros que domina nem seus interesses pessoais, a menos que o recrutador solicite;
  • Tente fazer um currículo em inglês com 600 a 700 palavras. Um número fora desses limites aumenta as chances de sua candidatura ser descartada;
  • Revise a gramática e erros ortográficos. Este ponto merece uma atenção especial, pois você montou um currículo que não está no seu idioma nativo.

Cursos que vão fazer o seu currículo brilhar fora do país

Se você sonha em trabalhar fora do país, existem cursos de graduação que aumentam as suas chances de conseguir uma vaga em países de língua inglesa.

São formações na área de tecnologia, setor em alta no mercado de trabalho nacional e internacional. Levantamento da consultoria PageGroup mostrou que a contratação de profissionais brasileiros por empresas estrangeiras aumentou em 20% entre 2020 e 2021.

Os profissionais de TI brasileiros são desejados no exterior por serem qualificados e otimizarem custos com folhas de pagamento. A contratação de um desenvolvedor do Brasil sai até 40% mais barato para uma empresa estrangeira, em comparação com o valor pago para um profissional americano com conhecimento equivalente, de acordo com a consultoria Robert Half.

Já para os brasileiros, o trabalho no exterior significa receber um salário em Dólar ou em Euro, moedas bastante valorizadas em relação ao Real.

Quer aproveitar essas oportunidades?

Invista em uma graduação na área de tecnologia para turbinar o seu currículo em inglês! O EAD UNISC oferece cursos para você se profissionalizar à distância, no seu tempo: 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.


Leia também: