Vida na universidade

Por que você deveria tomar cuidado com a necessidade de aprovação

Por EAD UNISC   | 

 Tag: Vida na universidade

Por acaso, você já sentiu que deveria mentir sobre algum desejo ou vontade pessoal porque ficou com medo de não ser aceito pelos outros? 

Isso pode vir da necessidade de aprovação. 

E embora esse desejo de se encaixar socialmente seja inerente ao comportamento social do ser humano, se não cuidado pode trazer mais problemas do que benefícios. 

Você vai conferir:

O que é a necessidade de aprovação para a psicologia
Como reconhecer a necessidade de aprovação
Como lidar com a necessidade de aprovação no dia a dia

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é a necessidade de aprovação para a psicologia 

Segundo psicólogos, a necessidade de aprovação é uma característica que está presente no comportamento humano graças ao instinto de sobrevivência. 

Em tempos remotos, para sobreviver, era necessário fazer parte de um grupo. Pertencer era uma necessidade porque trazia segurança física e alimentar, além da socialização. 

Hoje, não precisamos mais nos preocupar com pertencer a um grupo para nos sentirmos seguros fisicamente. Porém, a característica seguiu conosco no comportamento social. 

Muitos de nós sentem a necessidade de pertencer a um grupo, de encontrar pessoas que tem interesses e desejos parecidos. E para pertencer, precisamos ser aceitos. 

Por isso, a necessidade de aprovação ainda é um sentimento comum. 

Muitas vezes, esse sentimento se apresenta de maneira saudável. Porém, existem situações em que ele traz mais problemas do que soluções. 

Dentro da psicologia, a necessidade de aprovação está muito próxima ao conceito de desejabilidade social, o que acontece quando alguém age como se estivesse sendo avaliado o tempo inteiro. 

Nesse caso, a pessoa toma atitudes e responde perguntas de acordo com o que ela acha que é esperado dela pelo outro (ou pelos outros). 

Ela busca a aprovação agindo como aquilo que o outro espera e não como o que ela é. 

Pessoas que apresentam alto grau de desejabilidade social podem deixar de lado seus desejos e interesses em prol dos desejos e interesses dos outros, esperando ser aceita. 

Por exemplo, um adolescente que cede à pressão de outros adolescentes para ingerir álcool em uma festa pode estar tomando essa atitude porque sabe se não o fizer, será deixado de lado. 

Também é um exemplo uma pessoa que resolve estudar engenharia não porque deseja se tornar engenheiro, mas porque todo mundo em sua família se formou em engenharia. 

Nesses dois exemplos, temos duas pessoas que sentem necessidade de aprovação, de pertencimento, de aceitação por parte de grupos. 

E essa alta desejabilidade social pode ter diversas origens. 

Pode ser que a pessoa tenha tido uma infância sem muitos estímulos positivos, então se habitua a buscar elogios através de realizações que agradam os outros, e pode ser também que a pessoa tenha uma baixa autoestima. 

Como reconhecer a necessidade de aprovação 

Como você já deve ter entendido, a necessidade de aprovação é algo comum ao comportamento humano, desde que seja apresentada em graus mais baixos. 

Nós somos seres sociais. Logo, em algum momento das nossas vidas, sentiremos a necessidade de pertencer e de sermos aceitos pelo outro. 

O problema começa quando deixamos de lado os nossos desejos e interesses para que a aceitação aconteça. 

Pensando em facilitar o reconhecimento de um alto grau da necessidade de aprovação, trouxemos abaixo alguns sintomas indicados pela psicóloga Sonia Silgado. Confira: 

  • Não expressar a própria opinião: quando um indivíduo tem uma necessidade alta de aprovação, é comum que sua própria opinião seja escondida quando estiver conversando com outras pessoas. Se houver uma discordância, ele opta por concordar com a maioria, mesmo que ele também discorde. Isso acontece porque dar razão ao outro pode refletir em aceitação e simpatia. Também pode existir insegurança quanto ao próprio intelecto, então a pessoa prefere esconder o que pensa para não correr o risco de soar bobo ou ignorante. 
  • Estado de humor e autoestima dependem do tratamento do outro: algo que também pode acontecer e é considerado um sintoma de alta necessidade de aprovação é ter uma alteração de humor que depende de como o indivíduo foi tratado pelos outros. Por exemplo, se ele foi elogiado, seu humor estará bom. Se não recebeu nenhum elogio, ficará triste ou frustrado. O mesmo vale para a autoestima. Dependendo do que for falado sobre e para a pessoa, ela se sentirá melhor ou pior consigo própria. 
  • Dificuldade de dizer “não”: quem tem alta necessidade de aprovação costuma também ser menos assertivo e ter muita dificuldade de dizer “não”. Como o principal desejo desse indivíduo é agradar, possivelmente ele deixará de lado suas responsabilidades (correndo o risco de prejudicar seu trabalho e vida pessoal) para cumprir o favor ao outro. 
  • Ser fechado e bastante discreto: pessoas que buscam a aprovação de outras de maneira intensa não costumam chamar a atenção por medo de perder o que conquistaram. Elas podem passar muito tempo sem dizer nada, sendo melhores ouvintes do que falantes, e tem dificuldade de iniciar novas amizades ou fazer atividades diferentes. 
  • Atenção ao aspecto físico: por fim, algo comum a quem tem alta desejabilidade social é buscar estar sempre com uma aparência “perfeita”. Isso porque gera elogios, o que ajuda a melhorar a autoestima, e também porque o indivíduo teme receber uma opinião negativa devido às suas roupas ou aparência. 

Os sintomas apresentados aqui são comuns a diversos indivíduos que têm necessidade de aprovação. Porém, não utilize esta listagem como diagnóstico. 

Se você se identificou e acredita que precisa de informações, busque a ajuda de um profissional. 

Como lidar com a necessidade de aprovação no dia a dia 

Ainda segundo a psicóloga Sonia Silgado, a melhor maneira de lidar com a alta necessidade de aprovação, que está a um nível prejudicial, é buscando melhorar sua autoestima. 

Nesse caso, você precisa de mensagens de afirmação, precisa entender que você se basta e que seus desejos e interesses são válidos. 

É preciso entender que você não precisa ser perfeito e que está indo bem na vida, independente do que esteja buscando e qual caminho está seguindo. 

Em vez de esperar receber essa aprovação dos outros, você recebe a aprovação de você mesmo. E, novamente, é importante frisar: se você entender que precisa de ajuda, busque um profissional! 

Leia também: