Precisa saber o que faz um analista de sistemas para descobrir se essa é a carreira que deseja trilhar?

Então, este artigo pode ajudar.

Ao longo do texto, vamos contar como é a área de análise de sistemas, as principais funções do profissional, o perfil de quem trabalha no setor e a formação para se tornar um analista.

Antes de avançar nesse conteúdo, você precisa saber que o setor de TI já representa 7% do PIB brasileiro, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), em 2018.

Não tem ideia do quanto isso representa? É só comparar com o bancário, que tem 12% do PIB nacional.

Mercado promissor, não acha?

Então, vamos saber tudo sobre ele!

O que é análise de sistemas?

o que faz um analista de sistemas o que e analise

Embora a prática seja complexa, o conceito é simples de entender.

A análise de sistemas é uma atividade que envolve o estudo dos processos para identificar os melhores meios de uma informação ser processada.

Normalmente, essa função agrega ainda o trabalho de desenvolvimento.

Nesse caso, além de analisar, o profissional precisa implementar as soluções.

Por que ser um analista de sistemas?

Essa é uma pergunta fácil de responder e nem é preciso apelar para o lado emocional da profissão.

Isso porque a empregabilidade garante aos analistas de sistemas uma das melhores perspectivas de carreira.

Afinal, na era digital, a procura por profissionais qualificados na área de TI é bastante alta.

Para comprovar essa afirmação, é só consultar o estudo “Profissões Emergentes em 2020”, feito pela rede social corporativa LinkedIn. 

Da lista completa de profissões, as mais quentes estão inseridas no mercado de tecnologia.

Vale a pena estudar para ter essa profissão?

Se você andou fazendo uma pesquisa por aí, pode ter visto que a profissão não exige uma formação específica - o que não deixa de ser verdade.

Mas quais são as chances de você ser contratado sem ter conhecimentos comprovados? Quase nula, não é verdade?

Por isso, a qualificação profissional é um caminho trivial. 

Ao se especializar na área, você garante mais oportunidades de trabalho e, consequentemente, remunerações melhores.

O que faz um analista de sistemas?

o que faz um analista de sistemas pratica

Agora, é a hora de falar da parte prática. 

Vamos às principais tarefas do analista de sistemas!

Desenvolvimento de Software

Primeiramente, é preciso saber o que é um software, que nada mais é do que um programa computacional.

Sabe aquele editor de texto famoso que você usa para fazer seus trabalhos acadêmicos? Ele é um exemplo, bem como os outros programas do pacote.

Tem também os aplicativos para celulares e muitos outros tipos.

O trabalho do analista de sistemas, portanto, é criar, planejar e desenvolver softwares de acordo com os objetivos de negócio da empresa em que trabalha ou que contratou os seus serviços.

Administração de Banco de Dados

Nunca se falou tanto em dados como ultimamente. 

O big data, que considera a análise e organização de grandes volumes, é que deu corpo a esse conceito.

Daí surgiram profissões como cientista de dados, responsável por transformar os dados em informações valiosas para a tomada de decisão.

Mas, para que os dados cheguem até ele, é preciso que eles sejam, primeiramente, reunidos e administrados.

É aí que entra o trabalho do analista de sistemas. 

Além de configurar o banco de dados, o profissional também cuida da manutenção e atualização dele.

Administração de Redes

Mais uma função de administração aqui, mas essa tem relação com a rede de computadores.

Em uma empresa, por exemplo, o analista de sistemas fica a cargo da infraestrutura de TI.

Sendo assim, deve realizar a instalação, configuração e manutenção dos sistemas operacionais e softwares. 

Qual é o perfil do analista de sistemas?

o que faz um analista de sistemas qual perfil

Por ser uma carreira que envolve análise, evidentemente, a capacidade analítica é necessária.

Mas outras características também contam pontos a favor do profissional que atua nessa área.

A organização é uma delas. 

A liderança é outra habilidade muito eficaz na profissão, uma vez que o analista de sistemas pode ficar responsável pela execução de grandes projetos.

Como é a atuação profissional de um analista de sistemas?

o que faz um analista de sistemas como e atuacao profissional de um

Para acabar com a sua curiosidade sobre o dia a dia na área, aqui vão alguns esclarecimentos:

Trajetórias profissionais mais comuns desse cargo

Assim como em outras profissões, há uma divisão de níveis hierárquicos, que se caracterizam por nível de conhecimento, experiência e responsabilidades assumidas:

  • Júnior: é o profissional no início da carreira, com média de dois anos de atuação. Normalmente, é designado para fazer levantamento de requisitos para os sistemas
  • Pleno: este profissional tem atribuições além do seu antecessor. Ele entende de engenharia de software e tem certo conhecimento sobre projetos. Já trabalha, em média, três ou quatro anos na profissão
  • Sênior: neste nível, o profissional domina todas as atribuições dos cargos anteriores, e ainda carrega na bagagem conhecimentos sobre infraestrutura de TI, gestão de pessoas e negócios. 

Com que áreas dentro de uma empresa um analista de sistemas se relaciona?

Além de se relacionar com outros profissionais dentro da própria área de sistemas, o analista costuma ter bastante contato com a área de projetos.

Afinal, esse departamento é que comanda, normalmente, o cronograma de desenvolvimento das soluções.

Mas o analista de sistemas pode ter relacionamento com outros profissionais de setores diversos. 

Isso porque a demanda surge de todos os lados.

O que é preciso para ser um analista de sistemas?

o que faz um analista de sistemas o que e preciso para ser um

Quer trabalhar como analista de sistemas?

Então, anote aí: o profissional deve dominar todos os conhecimentos necessários para analisar, planejar e desenvolver as soluções.

Como se tornar um analista de sistemas?

A melhor maneira de adquirir a qualificação exigida pelo mercado de trabalho é buscando capacitação profissional.

Existem cursos voltados especialmente à essa formação. 

Falaremos mais sobre isso logo à frente.

Como é o mercado de trabalho para analista de sistemas?

Além das áreas de atuação que mencionamos anteriormente (Desenvolvimento de Software, Administração de Banco de Dados e Administração de Redes), as oportunidades são variadas.

O analista de sistemas encontra vagas nos departamentos de TI de empresas públicas e privadas.

É possível também trabalhar em fábricas de software. 

Há, ainda, a chance de fazer carreira como desenvolvedor autônomo ou consultor.

Como é o curso de análise e desenvolvimento de sistemas?

o que faz um analista de sistemas como e curso desenvolvimento

Dando mais um passo no nosso artigo, agora é hora de saber mais sobre o curso de análise e desenvolvimento de sistemas.

Quais são os objetivos do curso?

A UNISC (Universidade de Santa Cruz do Sul) conta com o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas em seu portfólio.

A formação tem o objetivo de preparar os alunos para serem líderes no planejamento e na execução dos sistemas de uma empresa, organização ou indústria. 

Assim, entre as disciplinas estão: programação, algoritmos e tecnologia, sistemas operacionais e controle de dados.

Qual o valor de um curso de análise e desenvolvimento de sistemas?

Na UNISC, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem mensalidades que cabem no seu bolso.

Por apenas R$ 289,00 por mês, você estuda em uma universidade com mais de 50 anos de tradição, que une tradição e modernidade.

Qual o tempo de duração?

A formação para se tornar um analista de sistemas é tecnológica

Dessa forma, ela pode ser concluída em dois anos e meio, já que tem foco nos desafios do mercado de trabalho.

Quanto ganha um analista de sistemas?

Para você ficar por dentro da remuneração média de um analista de sistemas, consultamos três portais de empregos e vagas que fazem levantamento dos salários registrados.

Segundo a Catho, o profissional que atua nessa função ganha em torno de R$ 4.074,77.

No Vagas, a média é um pouco maior, de R$ 5.116,00.

E, de acordo com o site Glassdoor, um analista de sistemas fatura cerca de R$ 64 mil por ano - ao mês, fica próximo dos R$ 5.300,00.

Empresas que contrataram analista de sistemas

Nos mesmos sites usados para fazer a pesquisa da média salarial, também é possível ficar por dentro das empresas que contrataram analistas de sistemas.

A maioria das organizações está inserida no ramo de tecnologia. 

Mas há também outros segmentos, como bancos e indústrias alimentícias.

Cargos relacionados e profissões da área de Ciências Exatas e Informática

Se você se interessou pela carreira de analista de sistemas, também pode se encantar com outras funções da área de Tecnologia da Informação, como cientista de dados, engenheiro de software e especialista em segurança da informação.

Ou, então, existe uma chance de preferir outras profissões das Ciências Exatas e Informática. 

Entre elas: Ciência da Computação, Matemática, Nanotecnologia e Jogos Digitais.

Onde estudar análise de sistemas?

o que faz um analista de sistemas onde estudar analise

Voltando ao tema deste artigo, que é a atuação do analista de sistemas, vamos falar um pouco mais sobre a formação.

Até aqui, você já conhece os objetivos do curso, o tempo de duração e o investimento necessário para fazer a graduação tecnológica na UNISC, certo?

Então, o que você precisa saber agora é que a Universidade de Santa Cruz do Sul, além de toda a história, tem também nota máxima do MEC (Ministério da Educação).

Ao se matricular no curso, você estuda com professores qualificados - mais de 95% deles são mestres e doutores.

E tem mais: a formação é oferecida na modalidade EAD.

Educação presencial x educação a distância (EAD)

A educação a distância, ou EAD, é um formato de ensino mediado por tecnologia.

Isso quer dizer que, com acesso à internet, você estuda de qualquer lugar do mundo.

Nesse modelo, ainda, é possível aproveitar os conteúdos no seu tempo. Você é quem escolhe o melhor horário para estudar.

A grande diferença da educação presencial para ela é a dinâmica das aulas, já que o aluno precisa comparecer ao polo físico todos os dias.

Vale ressaltar ainda que a faculdade EAD tem o mesmo reconhecimento no mercado de um curso presencial.

Conclusão

Então, depois de todas as informações, você acha que a Análise de Sistemas é a área que tanto buscava?.

Se sim, é só clicar aqui e se matricular no curso.

Agora, caso ainda esteja em dúvida sobre a profissão, você pode continuar navegando em nosso site e conhecer outros campos de atuação.

Conheça todos os cursos da UNISC EAD!

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT